O clichê da brasileira sensual

Toda mulher já escutou por aí que o visual da brasileira é sempre sensual. Ou que a brasileira é sexy! A afirmativa é base para o mercado publicitário e para muitas marcas que se inspiram em tal referência para elaborar suas coleções e encher suas criações de algo que vai além do sensual: o vulgar.

4

Que temos a pele a mostra, o decote, o comprimento encurtado, entre outros, como uma referência é verdade. Mas, não é uma obrigação feminina nacional… As características são comuns à muitas mulheres que vivem em um país tropical. São saídas para, muitas vezes, suportar o calor! O que surge, também, com tecidos mais delicados, cores claras, entre outros.

1
A sensualidade pode aparecer no dia a dia em roupas que marcam, sutilmente, as curvas da silhueta

Generalizações desagradáveis

Sim! A sensualidade é uma característica da brasileira. Só que o fator sexy não resume todas as mulheres do país. E, claro, nem toda mulher precisa ser assim apenas pela nacionalidade. Generalizações são tão desagradáveis… por mais que a moda goste delas.

2
A transparência é sensual, assim como o comprimento mini ou a linha de busto em destaque

Entre possibilidades

Muitas vezes, envolvidas pelo gosto à sensualidade (a qual crescemos aprendendo a admirar), nos perdemos na busca por dosar como aplicar cada possibilidade. E o resultado é a massificação de acordo com a época. Seja no vestido bandage combinado a salto alto e cabelo liso, ou o longo com telinha transparente, usado com bolsas de mão. Sendo que são muitas as formas de ser sexy.

São inúmeras as possibilidades para a mulher que quer valorizar o seu corpo e potencializar a sua sensualidade. E é possível ser sexy sem ser vulgar!! E como!

3
Ser sexy também é questão de atitude! Pode surgir de dentro para fora, com muita confiança e personalidade

Mesmo assim, existem outras tantas mulheres que estão mais interessadas em outros estilos e se encontram em formas de vestir que não apostam no mostrar o corpo. Para tantas, o decote, a fenda, a perna de fora, tudo isso desagrada, e independe de se sentir bem com a silhueta ou de fatores relativos a autoestima, é uma questão de personalidade. Acontece que tudo bem!

Seria mais um clichê como a ideia de achar que toda francesa é elegante, ou toda mexicana usa roupas floridas – nem toda brasileira, por regra, quer se sentir sexy.

As roupas devem vestir pessoas diversas, de maneiras diferentes, suprindo suas variações e necessidades! Ou seja, ser uma mulher brasileira não significa ser uma mulher que tem uma imagem sensual… Ou que precisa ir pelo caminho mais fácil, no look produzido para a conquista na temporada, apenas para pertencer. Vale pensar nas possibilidades dentro do que é ser sensual, ou querer se sentir sexy, e explorar com ousadia opções além do beaba.