Porque ter medo do espelho está acabando com o seu visual

Um reflexo sincero e honesto. Assim pode ser definido o espelho, ainda que a representação da imagem dependa de possíveis efeitos de luz ou ambientação. Mas, de maneira geral, o espelho é aquele amigo, ou colega que te diz, de verdade, como a sua imagem está. Ou melhor, como você está sendo vista (ou será vista) pelo mundo.

Um retrato.

Fugir do espelho não é algo raro. Podemos temer o que vamos encontrar. Curvas que não são como as desejadas, um cabelo muito diferente daquele da protagonista de novela, ou roupas que não chegam aos pés do último look postado pela celebridade do Instagram…

São tantas as cobranças!

Nossa busca por uma suporta perfeição nos priva da chance de nos admirarmos como belas. Mas, dificultamos, e muito, o processo da aceitação se não somos corajosas o suficiente para nos encarar no espelho. E falo encarar de coração aberto.

Quando paramos de nos olhar no espelho, perdemos a chance de nos apaixonar pelo que somos!

Uma maneira de se conhecer

Cada uma de nós tem algo de lindo, que se destaca. E, se nos conhecemos, podemos valorizar ainda mais essa beleza! O exercício também vale para que possamos ser capazes de disfarçar ou colocar em segundo plano aquilo que não nos deixa tão felizes. Isso é sabedoria. É inteligência.

É jogar com coragem.

Um grande espelho, de corpo inteiro, em um cômodo bem iluminado, é um convite para um melhor relacionamento com o guarda-roupa e com a própria imagem. Por meio dele você poderá se enxergar como é. Mudar o que não está bom e repetir o que agrada.

Entende porque fugir do espelho está acabando com a sua imagem? Sem um espelho você não se vê como é. Mas como acha que é. Como te contaram. Como você se deixou acreditar.

O espelho não é fonte de julgamento. O julgamento, a crítica, a decepção, vem de nós. E se nos olharmos com mais serenidade e prudência podemos melhorar a nossa autoestima.