Como saber se o look está simples ou exagerado

Montar um look e avaliar se ele está sem graça, exagerado ou na medida pode ser desafiador. E a linha entre um look básico demais e um muito poluído é bem tênue.

Muitas vezes é o olhar treinado ou o hábito para combinar bem que fazem com que compor looks vire parte simples da rotina. Mas, calma lá: se esse não é o seu caso, existe um teste rápido que pode te orientar.

É uma maneira de saber se seu look está equilibrado. Estou falando do teste dos 10 pontos! Já conhece?

No teste dos 10 pontos, cada peça, elementos, acessório ou detalhe do visual recebe uma pontuação. 1 ponto. E o objetivo é que o saldo final do seu look fique entre 10 e 12 pontos.

Menos do que isso, o look está muito básico… Mais do que isso, está teoricamente exagerado.

E o que conta como ponto? Cada peça, cada cor, cada detalhe, cada elemento (textura, recorte, enfeite, aplicação); cada acessório ou ponto chamativo de maquiagem (seja batom, esmalte ou sombra).

Ou seja, um ponto para cada característica do seu look!

Na prática

Vamos contar os pontos de alguns dos meus looks postados no Instagram? (Me segue por lá: sou @consultora_de_estilo).

♥ Look 1: 7 peças (camiseta, moletom, jaqueta, calça, sapato, relógio, óculos) + 3 cores (marinho, amarelo, preto) + 2 detalhes (brilho sapato, estampa blusa) = 12 pontos

♥ Look 2: 6 peças (óculos, colar, cardigan, vestido, sapato, relógio) + 2 cores (preto, branco) + 1 detalhe (textura cardigan) = 9 pontos

♥ Look 3: 6 peças (óculos, blazer, suéter, calça, sapato, relógio) + 4 cores (bege, cinza, marinho, rosa) + 2 detalhes (estampa suéter, estampa blazer) + 1 detalhe extra (mix de estampas) = 13 pontos

♥ Look 4: 6 peças (óculos, trech coat, cardigan, vestido, bota, relógio) + 5 cores (bege, marrom, marinho, estampa) + 1 detalhe (mix de estampas) = 12 pontos

Simples, não?

O legal do teste é que ele serve como uma boa referência para avaliar o seu look. Pode ser que um look com 9 pontos esteja super bacana, ou um look com 13 pontos te faça bem feliz. A medida do ‘entre 10 e 12’ deve servir apenas como uma referência.

Então, de forma alguma se prenda aos números! Se o look ficou legal, do seu jeito, se você está feliz, ótimo! Combinado?

O que acha? Vai experimentar?

No YouTube

Dicas imperdíveis e personalizadas você recebe na consultoria de estilo. Conheça: amanda@amandamedeiros.com.

Transforme a sua imagem sem gastar um centavo

Pode ser tentadora a ideia de renovar todo o guarda-roupa. Jogar fora tudo o que não combina mais com você. Sair para fazer compras. Recomeçar do zero – com direito a corte de cabelo, curso de maquiagem e um personal stylist para montar os seus looks toda semana.

Pode ser sim interessante a ideia de se livrar do passado e recomeçar sem utilizar nenhum rascunho antigo… mas, é também irreal.

As transformações de imagem pensadas para pessoas de verdade, com contas para pagar, trabalho para lidar e toda uma rotina normal para viver, esbarram nas dificuldades de uma vida real. Orçamento limitado, tempo escasso, e até mesmo aquela preguiça de levar em frente novos projetos entram no caminho.

Mas, o que acontece se eu te contar que é sim possível transformar a sua imagem sem gastar um único centavo?

Vida real, grandes ambições

Esse é um projeto para hoje. Para agora. Com resultados instantâneos e até mesmo uma maneira de se motivar mais para se jogar de cabeça em uma maior transformação.

Para hoje, é preciso mudar o seu jeito de olhar para o seu guarda-roupa. Apagar aqueles looks viciados, as combinações repetidas, as formas de usar que já te cansaram – e não trazem bons resultados.

É preciso dizer “chega” ao que não alegra mais. Parar de usar hoje, agora, qualquer peça de roupa ou acessório que não te deixa confiante.

Sei o que você está pensando… pode estar passando pela sua cabeça que se você fizer isso, não vai sobrar nada para você usar! Certo? Errado! Vai sobrar sim. Não precisamos de muitas roupa no nosso dia a dia. E o conceito do guarda-roupa cápsula chega para reforçar essa ideia.

É preciso acreditar nos seus instintos. Combinar e aceitar que as criações são interessantes.

O medo de errar, de se sentir feia o dia todo, ou de ficar triste com o visual, gera insegurança. O que faz com que a gente repita sempre os mesmos looks. Até os que não funcionam. Porque achamos que o que é ruim é menos mal do que sair da zona de conforto. Ledo engano. Monte um look, inspire-se, até mesmo reproduza (tá, copie) e acredite no potencial das suas ideias.

É preciso valorizar a simplicidade.

Descomplique o vestir

Um look bem montado, acertado, não precisa ser um look necessariamente superproduzido. Pode ser aquele atemporal. Sem exageros. Básico, feito com clássicos. Descomplique o seu vestir. Combine peças atemporais. Desapegue tanto das tendências quanto dos modismos.

O que você precisa para transformar a sua imagem pode estar bem perto de você. No seu guarda-roupa. E em uma nova maneira de olhar para o que você tem.

No YouTube: como criar looks novos com roupas velhas

Aprenda a valorizar a sua imagem e tenha um novo relacionamento com o seu guarda-roupa. Detalhes no amanda@amandamedeiros.com.

Se conhecer é, sem dúvida, a melhor dica de moda

Entre a última semana de moda e a mais recente tendência, existe uma pessoa, o consumidor, eu e/ou você. O modismo invadiu as ruas, estampa as revistas de fofoca, foi usado pela protagonista da novela, e continua sendo insistentemente disseminado pelas páginas de estilo pessoal. De tanto ver, você acaba cedendo, mas a roupa não convence.

Modismos são arriscados e menos importantes do que saber o que de fato valoriza seu corpo e alimenta sua autoestima

Mais forte do que o peso do que é “must have”, é o peso da autoestima. Ela pede explicações a cada look que não combina com a sua identidade ou estilo de vida. A tendência não está preocupada com as linhas de sua silhueta. Ela não tem noção do que acontece com suas proporções ou mesmo sabe quais cores valorizam a sua imagem. Ela está ali, pedindo para ser usada. Sendo divulgada como obrigatória. No entanto, não é tão grandiosa assim. Importantes, verdadeiramente importantes, são as escolhas pensadas a partir do que combina com você.

É o corte que abraça o seu corpo. A cor que dá vida ao seu rosto. Os detalhes que representam o espírito da sua identidade. Mais do que ler revistas de moda, acompanhar desfiles, ficar de olho no que as blogueiras postam e dizem estar “in love” é  apurar o olhar para o que você acha bonito, para o que te deixa confiança e eleva a sua autoestima. Ao invés de anotar dicas prontas de combinações, regrinhas feitas na base da massificação, é valioso ter suas próprias peças chave e ter na moda um elemento de consumo e não a sua salvação. Em português claro, sem a frescurite aguda das expressões em inglês, reproduzidas a exaustão, se conhecer e ter na sua satisfação pura e plena a melhor dica de moda.

Texto publicado originalmente em 1º de abril de 2013.

10 motivos pelos quais você pode, e deve, usar colares!

Talvez você ainda não esteja convencida de que os colares são itens que podem dar nova vida ao seu guarda-roupa. Eis, então, 10 motivos que podem te convencer a amar esse tipo de acessório. Ou, ao menos, podem te fazer experimentar um colar, vez ou outra.

Os colares conseguem ser quase eternos. Duram muito no guarda-roupa e não precisam de tantos cuidados, como acontece com as peças de roupas e com os calçados. Além disso, os colares cabem em qualquer lugar! Não ocupam muito espaço na mala de viagem e podem até mesmo ir na bolsa, com o objetivo de transformar um look para um happy hour.

Além disso, transformam looks e, por isso, os colares são capazes de agregar muita versatilidade ao guarda-roupa. E vão além das mudanças da silhueta… com isso, aconteça o que acontecer, vão sempre servir.

Os colares ainda nos ajudam a valorizar as curvas e formas da silhueta, sem dificuldade. E, para quem curte um artesanato, são ótima terapia. Podem ser feitos em casa, em reproduções de outras peças, e até render algum retorno financeiro.

Os colares projetam confiança e valorizam a personalidade de quem usa. E deixam uma mensagem, como fonte de personalidade. Vale dizer, ainda, que são fáceis de usar. Não precisam de muita complicação para tirar, colocar e nem demandam ajustes. Por último, mas não menos importante, você pode e deve usar colares porque eles são simplesmente incríveis!

No YouTube

Saiba qual tipo de colar pode valorizar mais a sua silhueta. 

Quer saber mais sobre os serviços da Consultoria de Estilo? Me escreva no amanda@amandamedeiros.com

Descomplique: Consultoria de Estilo a Distância

Vestir não precisa ser tão complicado. Nem pra mim, nem pra você… nem para ninguém!

Em quase 10 anos de trabalho com a Consultoria de Estilo muito mudou. E, agora, principalmente, estamos cada vez mais conectados e mais seguros quanto a validade dos serviços virtuais. A comunicação online, mais do que nunca, quebra barreiras. Por isso me sinto plenamente confiante para trabalhar com outros formatos de serviços, que vão além do presencial – seguindo firme com a Consultoria de Estilo a Distância (ou online, ou virtual) que já ofereço há tanto tempo…

22

Após reformular o material, cheguei no que considero o melhor Guia de Estilo que já ofereci. A mudança veio do retorno que recebo das clientes, E, agora, percebo que cheguei em um formato que me agrada totalmente e que é simples e didático, como deve ser.

O material da Consultoria de Estilo à Distância é diferente daquele entregue no serviço presencial. Ele é mais completo e explicativo. Mesmo porque são abordagens distintas, apesar de terem como ponto de partida e chegada algo semelhante: confiança para vestir e facilidade para comprar. Se você quer conhecer, me escreva. =)

3

O serviço é oferecido R$ 770. Como retorno, a (ou o) cliente recebe além de um Guia de Estilo (super completão – individual e todo explicadinho) alguns materiais extra, que variam de caso para caso. De toda forma, claro, são muitas as imagens e os complementos – indicações de leituras, vídeos, e muito mais que possa ser útil no processo de reavaliação da imagem. O trabalho conta, também, com encontros virtuais, além da resposta de questionário e envio de fotos para a concretização das análises.

E tudo é feito por mim, Amanda. Sem que estagiários, ou terceiros, coloquem as mãos em questionários ou fotos – prezo muito pela privacidade de cada um, assim como gosto da minha.

2

Se você, por acaso, já solicitou o orçamento e recebeu retorno com um preço diferente deste aqui, tudo bem. Você ainda pode contratar o serviço com o valor antigo. Ou seja, uma boa oportunidade.

Estaremos cada vez mais junas, seja em texto, vídeos ou conversas online. Tudo faz parte de um processo de autoconhecimento e evolução!

E eu, como Consultora de Estilo, e como pessoa que também tem a sua relação com as roupas repleta de dúvidas e inseguranças (com as quais adoro lidar), acredito muito que descomplicar o ato diário do vestir é sinônimo de qualidade de vida. Sinto, no meu dia a dia, e no retorno que recebo das minhas clientes, como pode ser positiva a revião do relacionamento com o guarda-roupa. Roupas, aliás, são complementos. São o meio, mas não o começo ou o fim. E espero que cada vez mais mulheres (e homens, também) sintam-se assim. Confiantes.

Quer conhecer? Me escreva no amanda@amandamedeiros.com.

Quer assistir meus vídeos com dicas de moda, estilo e identidade? Clique aqui!