No estilo anos 90, a volta da calça de cintura baixa

Alerta tendência polêmica: a calça de cintura baixa voltou. E, não. Não estamos nos anos 90, mas a referência – do cós por vezes ausente – parece estar fazendo a cabeça de muita gente.

E como a cintura baixa por si só não basta, ela voltou no estilo Britney Spears e outras musas pop… combinada a blusinhas curtinhas que deixam boa parte da barriga a mostra.

Sem desespero. Se já te bateu um pânico por agora, esqueça! A tendência combina com um estilo bem jovem e sensual. E, como sempre, não precisa por regra ser aplicada no seu dia a dia.

Barriga de fora

O que vem de bem diferente da moda dos anos 90, para agora, é a interpretação. Se antes o mix de calça de cintura baixa com blusas curtinhas era composto por peças cheias de detalhes, hoje ele surge bem mais básico.

A ideia é uma blusinha simples e curtinha e um jeans bem básico, de cintura baixa. Com conceito despretensioso… de quem se arrumou de qualquer jeito e, pá: ficou assim, sexy, exibida e confiante.

Sexy e confiante

Sim, pra usar é preciso um toque extra de confiança. Não rola escolher as peças e ficar tentando esconder a barriga, ou as curvas.

A ideia é assumir o conceito de mostrar o corpo! Tem a ver com segurança. E até mesmo com empoderamento. Porque não, não é preciso ter uma barriga chapada para exibir as formas!

Se você gostou da tendência e ficou animada, mas ainda não acha que revelar toda a barriga funciona, que tal optar por uma blusa menos curta, e um jeans de cintura baixa, mas não super baixo? O meio termo surge como uma boa opção.

E investir em uma terceira peça leve, maleável, ajuda a compor o look e garantir que o cofrinho fique sempre protegido. Quase uma saída anti-incidentes.

O que acha?

Já conhece a Consultoria de Estilo? Estou aqui para te ajudar a descomplicar o ato diário do vestir! Me escreva no amanda@amandamedeiros.com.

Vídeo: 3 peças que fazem toda a diferença no seu guarda-roupa

Não precisamos de regras, quando falamos de moda e jeitos do vestir. Mas, algumas orientações podem, sim, ser úteis… principalmente para quem busca uma inspiração extra ou um jeito de começar a repensar o visual.

jeans

Quando o tema são peças que todos “devem ter” no guarda-roupa, algumas se destacam. Elas, por regra, tem como característica a versatilidade e a capacidade de serem encontradas em estilos e modelagens diversas. Ou seja, são peças que, apesar de similares, podem ter aparências variadas.

E o “tem que ter”, sempre, não funciona como uma imposição. É um jeito de falar sobre itens que facilitam o ato diário do vestir. Quase que um alicerce para quem está perdido e não sabe bem por onde começar.

Vem comigo conferir três peças que são superúteis em qualquer guarda-roupa. Me conte o que achou e inscreva-se no canal, para não perder nenhuma novidade!