Do que você acha que precisa para se vestir bem, de mais roupas?

Quando você abre o armário e não sabe o que usar, qual a primeira coisa que vem à sua mente? Para muitas mulheres, é: “preciso comprar algumas roupas”.

Errado.

Você não precisa comprar roupa. Você precisa de um olhar mais criativo. 

Armários cheios e mulheres insatisfeitas, o que explica?

Desde que comecei a atuar como consultora de estilo, mais de 10 anos atrás, já me deparei com dezenas e dezenas de armários lotados, com muitas possibilidades e mulheres insatisfeitas.

Quantidade, volume de roupas, novas compras, não são garantia de confiança ou eficiência no ato diário do vestir.

O que vem como solução para a dor de cabeça e a demora na hora de montar looks ou realizar escolhas de roupas – aquelas mais banais, do dia a dia – é a otimização do guarda-roupa. Ou seja, retirar o que sobra ou está em exagero (e esconde as boas possibilidades); organizar o que fica de maneira inteligente (facilitando a rotina) e, por fim, misturar o que há ali, de forma interessante e criativa.

A fórmula da otimização:anote

  • Retirar o que está sobrando no guarda-roupa (em exagero), velho (em mau estado de conservação), ou não combina mais com você – seja sincera;
  • Organizar o que fica de maneira inteligente e eficiente – bagunça é uma droga;
  • Analisar se é o caso de pontuais aquisições, para potencializar looks – compras estratégicas e planejadas;
  • Misturar/combinar as peças de maneira criativa, em looks que sejam compatíveis à sua rotina – trabalho, vida social, momento em casa, ou vida do lar (registrar, para ter um referência).
como multiplicar os looks do seu guarda-roupa

Compras e mais roupas são sempre a solução?

As compras de novas peças podem ser a solução emocional mais rápida e simplista para um incômodo em frente ao guarda-roupa. Afinal, é só correr ao shopping (ou acessar alguma loja online) e adquirir algumas coisinhas.

Porém, o peso que essa atitude quase que impensada gera, não é apenas financeiro. Ele é, também, interno/íntimo. Porque não resolve o problema em questão. E não vai no centro da dor diária, da infelicidade, da dúvida, da demora… só acrescenta mais possibilidades aleatórias de roupas que, no final do dia, nem sempre facilitam a rotina.

Mas é claro que, em alguns casos, algumas peças de ligação podem (e devem) ser adquiridas. Estes são os elementos que entram para potencializar a multiplicação do looks. Falo de, quase sempre, escolhas básicas, ou neutras, que ajudam a deixar o armário mais versátil, sabe? Só que, até mesmo tal, deve estar de acordo com o que você precisa!

O que fazer para vestir com mais eficiência?

O olhar externo e especializado no guarda-roupa lotado, ou mesmo naquele com poucas peças (mas que não funciona) ajuda a dar um norte ao que deve ser feito.

É um plano de ação.

A começar por uma mudança direta, ou instantânea, com a montagem de composições que podem ser utilizadas desde o dado momento. Sem demora.

Isso é o que anima e inspira: ver como funciona o guarda-roupa otimizado e poder curti-lo, sem demora.

Há um serviço? Como ele funciona?

O processo da consultoria de estilo para otimização de guarda-roupa funciona em 4 etapas.

  1. Avaliação do estilo/perfil da cliente, mediante questionário;
  2. Encontro prático para montagem de looks;
  3. Indicação de aquisições (peças de conexão);
  4. Conclusão, com análise dos resultados obtidos e indicação de exercícios práticos, além da entrega dos registros – fotos.

É um processo, na teoria, simples, mas que traz incríveis resultados. 

O serviço? No encontro presencial são 2h horinhas. E, no MÍNIMO, 20 looks!! \”/. Por vezes, chegamos a montar 50 looks.

Seu guarda-roupa não precisa ser um problema. E, muito menos, você não é o problema – nem seu corpo, nem o quanto você pode investir em roupas. O que falta, talvez, é um olhar mais apurado e criativo. Além de fórmulas para sair da zona do conforto. E colocar, em prática, escolhas que combinem com a sua vida real, de hoje, com looks bacanas que te deixem feliz em frente ao guarda-roupa.

Mais do que nunca, vestir não precisa ser tão complicado.

O que lhe incomoda na sua relação com as roupas e guarda-roupa? Me conte no amanda@amandamedeiros.com.