Pele quente, fria ou neutra? Descubra com um teste simples

Saber quais cores mais valorizam a sua imagem é um dos caminhos para desenvolver um ótimo relacionamento com o guarda-roupa. Afinal, as cores enviam mensagens. E, além disso, valorizam (ou desvalorizam) a nossa beleza natural.

Na consultoria de estilo é aplicado o método sazonal expandido para determinar a cartela de cores de cada cliente. E, uma das etapas da análise é a identificação da temperatura de cada pessoa. Ou seja, se você tem uma pele fria, quente, ou neutra.

A temperatura da sua pele não é identificada apenas com a avaliação do seu tom de pele. Depende de um conjunto de fatores! No geral, o que chamamos de subtom.

Um truque simples, que não requer muito conhecimento, pode ser utilizado como referência para tal avaliação. Basta você observar o seu pulso e avaliar o tom das suas veias. Sim, das suas veias.

Qual o seu subtom?

As veias do pulso, sob a pele, podem ter tom de azul, violeta, verde ou marrom.

  • Veias em tons de azul ou violeta: subtom frio.
  • Veias em tons de marrom ou verde oliva: subtom quente.
  • Veias em tons de azul esverdeados (azul com vede): subtom neutro.

Simples, não? E, como consequência, o subtom em questão é aquele que mais de valoriza. Pele quente pede tons quentes. Pele fria, tons frios. E, claro, subtom neutro pede por tons neutros.

Saiba mais

Se você quer saber o que são cores quentes e cores frias, confira aqui.

Como combinar cores com o círculo cromático

Combinar cores é uma arte nada complicada. Aliás, misturar tons é uma das formas mais incríveis e divertidas de dar vida ao seu guarda-roupa. O segredo é que o exercício é bem mais simples do que parece. Principalmente quando você tem em mãos o oráculo das cores. Ou melhor, um círculo cromático.

O círculo cromático nada mais é que a representação das cores primárias, secundárias e terciárias. Ele está organizado de forma com que sua interpretação seja bem simples!

As cores primárias são o ciano, amarelo e o magenta. Quando você combina essas cores primárias, elas viram cores secundárias. Ciano com amarelo, por exemplo, vira verde; já ciano com magenta vira roxo. Sabe?

E quando você combina uma primária com uma secundária você tem as cores terciárias. Roxo com ciano gera um tom rosa…. o amarelo com o verde, um verde mais claro. E pra que isso serve? Pra que a gente possa se inspirar! E misturar sem medo. 

Se a gente entende onde nascem as cores, a gente começa a perceber o que elas têm em comum. Isso faz com que seja mais fácil brincar com a composição de cores.

Misturando cores

Existem inúmeras maneiras de misturar cores. No meu trabalho como consultora de estilo percebi que algumas são mais fáceis e eficientes para o dia a dia.


Tom sobre tom

A primeira forma é por meio da composição tom sobre tom. Você mistura uma mesma cor em seus variados tons. Quanto mais pra dentro do círculo, mais branco a cor ganha e fica mais clara. Quando mais pra fora, mais preto a cor recebe e, assim, fica mais escura.

Tons análogos

Outra forma é por tons análogos. Os que estão lado a lado no círculo. É uma junção segura e confortável que gera também harmonia. Perfeito para quem quer brincar com as cores, mas não quer ousar demais.

Cores complementares

Pensando em ousadia temos a combinação de cores complementares – o famoso bloco de cor. Você pega uma cor de um lado do círculo e mistura com outra cor lá do outro lado – uma fria e uma escura. O resultado é contrastante, cheio de estilo e personalidade! Para quem acha exagerado dá pra aplicar no uso de acessórios. Com uma terceira com neutra, pra equilibrar.

Tríade

E temos, ainda, a combinação tríade. Três cores em mix na forma de triângulo. É um bom contraste e bem harmônico! Uma forma, ainda, de criar um look inesperado, mas que funciona.

Agora que você já sabe como combinar cores utilizando o círculo cromático só falta colocar em prática. Sem medo!

No YouTube (inscreva-se no canal)

Você sabe quais cores valorizam mais a sua imagem? Não? Então vamos conversar. Uma análise de cores pode melhorar muito o seu relacionamento com o guarda-roupa. Me escreva no amanda@amandamedeiros.com.