Sedução nos detalhes

Publicado em Categorias Comprinhas, Moda Teórica

Vestir de forma sensual, sexy, mas ainda assim elegante é possível desde que seja bem dosado o artifício de mostrar o corpo e delinear as formas. Não é preciso mostrar tudo ou revelar todo o corpo para seduzir e muitas vezes o que gera real interesse não é a falta da roupa em si cobrindo a pele, mas muito mais um tecido ou textura que pela combinação de cores ou formas gera a tal atração.

Tecidos acetinados, com brilho, incitam aquele desejo de toque… a vontade de pegar. O mesmo acontece com texturas ou volumes interessantes, que parecem ganhar vida junto ao caminhar. O salto alto, fetiche clássico, altera a conotação de uma calça básica de alfaiataria que fica mais sedutora tendo como complemento uma boa maquiagem e um cabelo com ondas desiguais. Entre as cores o preto e o vermelho – incluindo suas variações.

Vale sempre lembrar que ao mostrar demais pernas, cubra um pouco braços, costas ou segure no decote; a regra inversa é esperada. Se uma peça é justa ao extremo a outra deve ser no mínimo soltinha, equilibrando a silhueta.

Não existem limites quanto ao que usar ou investir para seduzir ou atrair olhares, mas a linha entre o que é sexy e o que é vulgar é extremamente tênue – assim como já foi dito por aqui algumas vezes. Então de forma geral é melhor, mais seguro, ousar com cuidado.

A imagens são do lookbook e catálogo da A.Teen – agora em BH.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *