Por um Final de Semana mais Colorido…

Se chega o final de semana o momento é de colocar cor e alegria no visual. Trabalhamos, estudamos, batalhamos a semana toda e nos dias de descanso, ou lazer, vale muito apostar em tons e texturas divertidas que lhe auxiliam a entrar no clima de descontração.

O que vemos muito por ai são dois tipos de comportamentos distintos, mas que igualmente não funcionam bem (na vida). Algumas pessoas tendem a fazer do seu visual de sábado e domingo uma extensão do seu visual semanal, continuando a vestir as mesmas roupas ‘de trabalho’, só que em versões desarrumadas e muitas vezes até mesmo infelizes; algumas outras pessoas vão pelo caminho do conforto pleno e se jogam em peças velhas e desbotadas como forma de mofar, em busca de um relaxamento físico e mental. Bom, acho que felizes são aqueles que conseguem misturar conforto e diferenciação em peças gostosas mas ainda assim envolventes, onde estampas coloridas, comprimentos inusitados e formados pouco comuns no dia-a-dia surgem. Não se trata de se vestir feito uma louca, mas sim de transferir para suas vestimentas um pouco de seu desejo de libertação. Bem assim mesmo.

Mas e na prática, como funciona?! Deixe de lado suas calças de alfaiataria, suas camisas, blazers ou mesmo as roupas brancas para o pessoal da área médica; vá na linha contrária daquilo que constrói seu guarda-roupa profissional. Durante seus momentos de lazer você pode e deve investir em decotes mais ousados, vestidos mais curtos, shorts, rasteirinhas e regatas soltinhas em estampas divertidas ou sensuais; vale apostar na transparência, assim como em sobreposições com cara de maluca – lembrando sempre da linha ténue e fina que separa a sensualidade da ‘vagabundagem’ por favor, me perdoem a palavra mas eu não podia perder essa… E deixe de lado aquela sua bolsa pesada onde você carrega agenda, caderno, canetas e mil coisas úteis no trabalho… deixe seus emails de lado e concentre-se em pessoas, em momentos reais que não vão prejudicar sua carreira ou fazer de você um péssima profissional. O que acontece é que vivenciar boas coisas, se divertir, apenas alimentará sua mente com bons sentimentos que lhe darão força total e super ânimo para enfrentar cheia de gás a semana que vai começar. Com isso ficará menos pesado o dia do trabalho e você estará renovada – de corpo e alma.

Ah! Se seus dias de descanso e diversão não são nem sábado e nem domingo vale extender essa dica pras segundas, terças… porque cada um com sua rotina, cada qual com sua forma de levar a vida. O que importa é não deixar de curtir bons momentos e saber a hora de deixar de lado seu dresscode profissional.

9 pensamentos em “Por um Final de Semana mais Colorido…”

  1. Eu passo por isso, as vezes chega o final de semana e eu não sei como mudar o meu estilo, principalmente quando for uma saidinha breve. No trabalho uso muita calça jeans, sapatilha e bata, não precisa ser um look formal.

  2. Amanda, amada…

    Nunca tinha pensado dessa forma! Interessante a proposta de usar roupas avessas ao nosso dia-a-dia. Seria um guarda roupa de final de semana, certo!?

  3. Eu ainda não trabalho, então tenho liberdade pra escolher minhas roupas e tal, por isso não mudo muito da faculdade pro fim de semana.

    Mas adorei o post, muito bem pensado até pra quem tá cansado do mesmo estilo de sempre.

  4. Eu era daquelas que costumam andar bem desleixadas no fds, como forma de externar meu cansaço da rotina. Só que, depois de começar a cuidar mais do que vestia no sábado e domingo, até programas mais simples ganharam outra cor…

  5. Esse post me fez pensar.. sou jornalista e o meu ambiente de trabalho é bem descontraído, então não preciso usar camisa e calça de alfaiataria, mas no fim de semana acabo saindo com a mesma cara de segunda a sexta, acabo ousando um pouco mais só quando saio à noite mesmo, com os decotes que não uso no trabalho… ainda assim vale a pena mudar o guarda roupa do fim de semana?

  6. Amanda, por falar em cores, existe alguma regra para esmalte?
    Exemplo, unhas curtas ficam melhor com certa cor , e as mais longas com outra?

    Cor de esmalte tem que estar de acordo com o tom da pele, roupa, maquiagem?

    Bjs

  7. Thais, é mais ou menos assim… seu guarda-roupa profissional e o de final de semana (e festas) deve ser proporcional a sua utilidade… ou seja, quanto tempo você passa trabalhando?! e quanto tempo passa se divertindo?! então, se comparado ao número de roupas de trabalho devemos ter algo como um terço do número de peças para trabalho…

    Ai, fui confusa… vou fazer um post explicando. rs

    Vera, o esmalte não precisa ser exatamente no mesmo tom da roupa, mas é bom haver uma coerência… e unhas grandes com esmaltes muito chamativos chamam mais atenção do que as pequenas com cores vibrantes… e é fato que certas cores ficam melhores em determinadas peles, sendo que a cartela de cores (da análise da consultoria de estilo) se estende também ao tom do esmalte.

  8. Humm entendi Amanda, ainda vou fazer essa análise de cores com vc um dia!!!
    Obrigada pela resposta.

    Bjs coloridos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *