Truques para estar sempre incrível de sapatilha

Aqui na Consultoria de Estilo o pensamento do salto alto como regra obrigatória para um visual elegante não existe. Dito isso, os calçados baixos transitam pelos mais variados looks. Desde os mais informais aos arrumadinhos.

O que determina se o calçado baixo funciona bem, ou não, é a combinação das sua características. E ao se pensar em sapatilha isso vale praticamente em dobro! Então, observe dois pontos: material e formato.

Para todos os gostos

Existem sapatilhas dos mais variados estilos. Para todos os gostos. Se ela é feita em tecido, por exemplo, como o jeans, é mais casual. Se é feita em couro com textura, ou veludo, mesmo verniz, já ganha outra conotação.

Aliás, brilho é sempre algo que joga um tcham extra no visual. E os acessórios com acabamento acetinado têm esse grande poder. As aplicações também podem ser consideradas um elemento que agrega poder a sapatilha. Pedrarias, fivelas ou bicos metalizados deixam o calçado mais impactante.

Se você ainda não sente que tem material suficiente para passear com confiança usando sapatilhas, aqui vai outro truque. Observe o formato do calçado. Bicos finos, afinados ou pontudos são mais arrumadinhos que os redondos. Quão mais redondo mais romântico e mais doce e mais… informal.

É impossível generalizar e frisar um calçado como formal ou informal. Ok. Talvez os tênis, mas até isso já vem mudando. Então, fique de olho nos detalhes. E confie na sua intuição.

Quer mais? Dá o play!

Inscreva-se no canal da Consultoria de Estilo, no YouTube. Vídeo novo toda semana sobre moda, estilo e comportamento: http://bit.ly/inscrevaseamanda
Gostou e quer mais?

Tem post sobre o fim da ditadura do salto alto! Clica aqui!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *