Efeitos distintos no dia X noite

Publicado em Categorias Moda Teórica

Existem detalhes que são mais adequados para a noite e outros que ornam melhor com o dia. A gente sabe que o efeito de tudo muda de acordo com o ambiente e com a luz natural, visto que a luz do sol é bem diferente da iluminação da noite. Esse é o caso de dois pontos, o brilho e a transparência.

Mostrar muita pele durante o dia carrega conotação diferente de mostrar o corpo durante a noite; se no dia-a-dia, fora do ambiente praia/férias, decotes exagerados e muito corpo a mostram ficam vulgares o mesmo pode ficar bonito e sexy (no limite) em eventos ou momentos noturnos. A questão é que durante a noite vemos com pouca evidência o que vemos pelo dia; a própria ausência de luz gera essa sensação velada que brinca com critérios de mistério e sedução. No caso do brilho há risco de exagero para o dia enquanto a noite leva consigo um tom bem mais ameno, fazendo com que o tal fique menos escandaloso e/ou chamativo.

Existe uma regra? Não, em nada existe regra clara e inquebrável mas para subverter sem cair em armadilhas basta dosar o grau de ousadia tanto para o dia quanto para a noite. Isso vale para aplicar pequenos detalhes com brilho/transparência durante o dia, jogando com peças que mudem de função dependendo do complemento, ou mesmo jogar com peças mais cobertas e secas durante a noite deixando algo de diferente ou inusitado para a maquiagem ou cabelos.

Se a gente for pensar de forma poética o dia já é belo pelo sol e pelas nuvens… pronto. Já a noite precisa da lua, das nuvens e também das estrelas para ficar legal e diferente. Serve de ideia para aplicar no guarda-roupa, não?!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *