Vá além dos manuais e deixe sua marca

Para começar, você precisa deixar a sua marca. Simples assim. Em um tempo de profissionais cada vez mais competentes e bem treinados, fabricados para ser um sucesso, o diferencial pode estar naquilo que mais ninguém sabe fazer.

Tal diferencial, o ponto extra, pode estar na mera capacidade de não ser mais um. De se fazer notar, de ser um risco fora do círculo. Que por vezes pode até incomodar, mas acima de tudo chama atenção.

beyou

Cada um carrega um diferencial e este é essencial para quem quer fazer história e, assim, deixar sua marca

Com todas as outras características que os demais carregam, que a concorrência já cansou de carregar (e treinar), ser diferente, ser uma exceção, parece ser também o segredo para ser melhor. Não se trata de fabricar uma atitude inusitada. Talvez a questão seja deixar aflorar aquilo que passamos boa parte da vida tentando esconder.

Pode ser um senso de humor apurado, um jeitinho avacalhado ou mesmo um tipo de comportamento qualquer que os livros insistiram em dizer que são pouco indicados. Já pensou que regras foram quebradas e histórias de sucesso nasceram do risco?! Nada mal ser diferente. Nada mal deixar sua marca e ser demais simplesmente pela capacidade de ser você. Talvez, ainda, a questão seja ser uma mistura do profissional esperado com alguém que vai além do padrão. Alguém que sabe que um pouco de ousadia é o que faz com que não sejamos apenas medianos. Questão de escolha. Questão de deixar sua marca!

Post publicado, originalmente, em 18 de junho de 2012.

Quer repensar a sua imagem? Me escreva no amanda@amandamedeiros.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *