Blogueiras ensinam sobre protagonismo

Quando penso em feminismo, logo lembro das meninas blogueiras que contam com a parceria de seus companheiros na realização do trabalho.

Sempre observei com carinho e admiração as garotas que têm em suas equipes os seus namorados ou maridos. É interessante ver como para alguns homens está tudo bem em trabalhar nos bastidores, e deixar a mulher brilhar. Neste caso, reconhecer que a mulher é a protagonista da empresa. E que, sem ela, não há nada.

Trabalho em equipe

Não vou negar que toda equipe é sempre de grande importância para que um negócio dê certo. Principalmente quando falamos da produção de conteúdo, onde existe toda uma parte de marketing e finanças com grande importância.

Só que, como bem sabemos, é o rosto que aparece nas fotos, ou vídeos, que brilha, quando pensamos em tal universo. É ali que está o protagonismo. Na influenciadora digital, em si. Na blogueira. Assim como acontece, de maneira similar, em inúmeras outras empresas nas quais as mulheres (esposas ou namoradas) atuam nos bastidores, enquanto os homens são o cartão de visita.

Por que isso chama a minha atenção? Porque o que um dia foi raro, hoje já não é mais tanto.

E chega a ser admirável.

São tantos os exemplos, como Camila Coelho e Ícaro, ou Taciele e Fernando, que poderia ficar horas citando casais que atuam assim. Garotos que arriscaram, largaram seus empregos e carreiras e acreditaram em suas parceiras.

Sim, alguns relacionamentos amorosos entre blogueiras e seus parceiros profissionais acabam – por vezes até mesmo permanece a parceria. Mas, o mais legal é a ideia de que isso pode inspirar. E levar mais e mais meninas a entenderem que elas não precisam ficar na sombra do homem. Que no casal, tudo bem a mulher ser a mais bem sucedida, a que chama mais atenção (no trabalho).

Não me entendam mal.

Referências para a vida

Não pensem que não reconheço, mais uma vez, a importância de todos os lados para um profissional de sucesso. Mas, a ideia de que a mulher deve forçadamente viver às sombras do homem já não cola mais. A ideia da mulher dona de casa, mãe – não por opção, mas por dever – não serve. E fica esquecida quando pensamos nessas meninas que faturam alto com seu talento.

Goste, ou não, são casos de sucesso (eu mesma tenho muitas ressalvas quando ao conteúdo produzido e toda a incitação do consumo). Referências que devem ser levadas para a vida como um todo. E que podem motivar jovens garotas a se destacarem em suas carreiras, muito além da internet. E que elas entendam que podem buscar os mais elevados cargos. E que, se for o caso, terão homens entre seus subordinados. E estes, assim esperamos, devem respeita-lás e admira-lás assim como nós (como mulheres) fazemos com tantos outros homens.

Por mais mulheres como protagonistas e por mais igualdade. 

AQUELA EXPLICAÇÃO BÁSICA

Não é todo mundo que sabe, ao certo, o que é o feminismo. É a ideia de direitos iguais. E aí está embutido, também, a ideia de obrigações semelhantes. Na minha vida, encaro como a divisão equilibrada de tarefas, contas, e tudo mais. É o que busco dia após dia.

Recomendo a leitura do livro “Sejamos todas feministas”, de Chimamanda Ngozi Adichie para compreender melhor o conceito. E afastar, de vez, a ideia de colocar o feminismo lado a lado ao machismo.

Rever para não reviver

Às vezes, parar um pouco, pensar, refletir, é essencial para não deixar que os dias, meses, e anos, passem sem que você perceba. E aí acumulem-se erros ou decepções, que poderiam ter sido evitadas.

Olhar para suas atitudes e escolhas é questão de analisar os rumos da vida. Resgatar os momentos que se perderam em busca não de remoer os erros do passado, mas sim para vislumbrar melhorias para o futuro.

Prestar atenção em tudo o que passou.

Entender o que passou é essencial para não se entregar às falhas do passado

Estabelecer metas e focar em melhorias é uma maneira simples de pensar suas atitudes e planejar o que será feito do seu tempo e da sua vida. Vale listar, desenhar, imaginar. Vale fazer qualquer coisa que alimente a esperança de dias melhoras.

Ir mais ao cinema, beber menor, economizar, acordar mais cedo, vale tudo. As pequenas mudanças são as mais fáceis de colocar em prática, e são as que, quase sempre, geram grandes resultados.

Sonhar com o possível é simples e mágico, assim como querer o impossível que só depende de você.

Sobre prioridades

Quem você é e quem você quer ser? Você é feliz por ser a pessoa que é? Você está onde deseja estar (ou ao menos está no caminho)? São essas algumas perguntas, entre muitas, que nos lembram de que nós devemos ser nossa principal prioridade, mesmo quando estamos dividindo ou partilhando nosso tempo e disponibilidade com outra pessoa.

Entre relações de amor, ou quaisquer outras, compartilhar é importante, mas sem se esquecer jamais dos seus princípios e das suas motivações. Por isso, vale se afastar de toda e qualquer pessoa que por uma razão ou outra tenta lhe colocar para baixo ou mudar a sua essência.

Se você está feliz por ser quem é, e se sente que está no caminho certo, é preciso ponderar bastante quais as motivações e qual a lógica nas críticas recebidas. Não sacrifique sua essência apenas porque alguém tem um problema com isso… simples assim.

yay

Viva cada dia

Olhe para você. Por que você está tão assustado? Não fique paralizado. Pare de engolir suas palavras, pare de se importar com o que os outros pensam. Pare de carregar o que os outros pensam. Vista o que você quer vestir, diga o que quer dizer, escute a música que você quer escutar. Escute música alta e dance! Saia para dar uma volta à meia noite e esqueça que você tem aula pela manhã… pare de esperar pela sexta-feira, viva agora! Faça isso agora! Se arrisque! Conte segredos… essa vida é sua!

Li isso há algum tempo e jamais me esqueci…

Muito além do final de semana

Viver cada dia, com intensidade ou um mínimo de vontade, é um exercício libertador. Temos sete dias na semana, mas a terrível mania de só se importar com dois – sextas e sábados – já que os domingos são depressivos demais por guardarem a dor do começo da semana. Mas qual o poder da segunda-feira? Ela é o símbolo do recomeço, da chance de tentar algo novo, de estabelecer metas. Nela, e em todos os outros dias, estão momentos ideais para ser feliz. Se arriscar nem que seja nos detalhes.

Ter confiança em você, na pessoa que você é, e no mínimo curtir o fato já ótimo de estar vivo. Vivo e com saúde? Melhor ainda! Com saúde, emprego e pessoas amadas por perto? Perfeito! Não falta mais nada… isso é base para correr atrás de sonhos, ainda que super ambiciosos.

Seja você com coragem, viva cada dia. Não se trata de autoajuda, trata-se de encarar seus monstros que podem estar vivos não só apenas na sua mente, mas na maldade de outras pessoas. Inveja, rancor, são sentimentos presentes entre nós – desses que secretamente alimentamos, vez ou outra, sem nem perceber. Devemos cuidar dos nossos pensamentos e fugir dessa onda pessimista, sabendo que sempre, haja o que houver, temos mente e personalidade para sermos os grandes donos de nossas opiniões. Entra aquela velha conversa de que somos nós os autores de nossa história. Nascemos para viver e é isso o que devemos, e podemos, fazer. Simples assim.

Texto publicado originalmente em 9 de setembro de 2011.

Sinceridade com a ‘peça medida’

Você tem no guarda-roupa uma peça medida? É aquela que serve para apontar possíveis mudanças na silhueta. Uma calça jeans, uma camisa, uma calça de alfaiataria ajustada que mostra onde você ganhou ou perdeu peso. Sem neuras.

sinceridade

Fonte de sofrimento? Que nada… É uma ótima amiga, muito mais confiável que o espelho que pode lhe enganar pelas alterações de humor. Tudo bem que alguns tecidos são perigosos. Já que cedem após algum tempo de uso (ou mesmo são maleáveis – mudando de formato na silhueta). Então, o melhor é avaliar o corpo por meio de alguma peça já usada, antiga, que te ajuda a saber, de fato, se você ganhou peso, ou se é só uma impressão…

Todo corpo passa por mudanças, muito além do peso em si. Ganhamos e perdemos curvas, encaramos alterações nas proporções… No entanto, para quem se importa com isso, vale observar tudo o que está acontecendo para conseguir tomar uma atitude antes que a situação ‘saia do controle’. Sem cismas exageradas. Apenas a chance de valorizar o olhar de quem é dono da opinião que mais importa: a sua.

Atualização de post publicado originalmente em 25 de março de 2010

Acredite e você já está lá: alimente-se de bons pensamentos

Mentalizar pode ser mais eficiente do que imaginamos. Somos nós os responsáveis por nossos caminhos e podemos ser também os responsáveis por tudo o que nos cerca.

Sim, é possível ter um dia bom, uma vida ótima. Basta ter fé no que há de positivo para acontecer… Ou mesmo abraçar a paz de um dia que começa e termina sem maiores problemas. Sem sustos, sem confusões, incidentes ou ausência de respostas. Quando o simples dá certo, fica a sensação de que podemos ir muito além. E de que tudo pode se acertar. Até mesmo aquelas coisas que deixamos de lado.

otimista

Acredite e você já está quase lá. De fato manter o otimismo, visualizar as coisas acontecendo, as conquistas, risadas, viagens e sensações é dizer ao mundo que você quer muito aquilo. E que está pronto para receber essas coisas boas. São pequenas conquistas que mostram como o poder do pensamento pode ser eficiente. E como os sonhos de ontem podem ser parte do presente. Basta ficar ligado ao que acontece nos seus dias.

Ter atitudes positivas auxilia nessa história, a partir do momento que você envia um tipo de sinal para o mundo que voltará naturalmente para você. Não se trata de nenhum tipo de crença, religião ou nada parecido… Trata-se de lógica, de perceber o que acontece nos seus dias. No entanto, se você se alimenta de sensações ruins e de pessimismo… bom, resta observar o que mais acontece em sua vida.

Post publicado originalmente em 9 de abril de 2012