Estabeleça prioridades

March 24, 2014 | Nenhum comentário

Prioridades

O que importa é viver

March 22, 2014 | Nenhum comentário

CORAÇÕEZINHOS E JOINHAS ACUMULADOS POUCO VALEM, OU NÃO VALEM NADA… NA VIDA REAL, O QUE IMPORTA MESMO É SENTIR E VIVER

offline

Arruma aqui, ajeita ali e pronto: o momento perfeito foi registrado. Retoca aqui, melhora ali, com algumas alterações até mesmo o amigo virtual mais desconfiado é capaz de acreditar na felicidade fabricada. Por trás do celular, rostos sem graça, pessoas que pouco conversam, o retrato da solidão mascarado por um tempo de multidões solitárias que tentam se encontrar em redes que, por vezes, mais separam do que reúnem.

Não convence. O auge da felicidade registrado e publicado instantaneamente é tal falso como uma uma nota de três reais. A não ser que exista um espectador acompanhado a diversão alheia, há de se ter certeza de que a alegria real é tão gigante, tão pura e genuína, que não merece ser quebrada para ser aprimorada e congelada em fotos impecáveis ou vídeos ensaiados. São essas coisas que nos fazem pensar… a quem queremos enganar, agradar ou invejar quando nos preocupamos mais em dar satisfações a terceiros contando e mostrando sobre nossa vida, do que simplesmente vivendo e compartilhando o que realmente somos?! Como e por que chegamos a esse ponto no qual somos nós tão suscetíveis e carentes de curtidas vestidas de aprovação alheia? Penso que talvez o mais importante aprendizado desta era virtual seja o de se satisfazer com seus próprios sentimentos e emoções, antes mesmo de precisar procurar nos sinais de terceiros uma maneira de se sentir parte da turminha bacana do mundo virtual. Antes de fingir um sorriso, de reorganizar a mesa do café da manha ou simular um drink meramente para postar uma foto no Instagram, vale se deixar levar pelo que faz o seu coração bater mais rápido. A verdade é que os coraçõezinhos e os joinhas que se acumulam nas telas de nossos smartphones e computadores não valem nada – o que vale é viver.

Questão de confiança

February 13, 2014 | Nenhum comentário

Confiança

Invista em conhecimento

January 3, 2014 | Nenhum comentário

Invista em conhecimento

12 COISAS QUE VOCÊ DEVE FAZER POR VOCÊ

December 23, 2013 | 2 comentários

PEQUENAS MUDANÇAS DE HÁBITO, FEITAS SOB A FORMA DE LEMBRANÇAS PARA A VIDA, PODEM MELHORAR MUITO O ASTRAL E O ESPÍRITO. QUE TAL?! VALE TENTAR

enjoy

1. Seja honesto com si mesmo. Não minta sobre sua situação financeira, sobre seus sentimentos e nem mesmo sobre suas vontades. Encare a sua própria realidade e não fuja de suas próprias emoções. Enfrente e abrace sua vida.

2. Cuide da sua saúde. Mantenha em dias seus exames e consultas médicas, evitando que seja preciso uma doença já instalada para se cuidar.

3. Não desperdice os seus dias. Todos os dias são importantes, até mesmo os dias de descansar – daí o valor de curtir curtir o ócio. Mas, não deixe o tempo passar sem que você perceba, então mantenha os projetos em dia e visualize suas metas. Tenha sob a vista listas, mesmo que mentais. O que eu quero? Onde quero estar?

4. Curta os pequenos momentos. Saboreie o almoço, delicie-se com o banho ao fim do dia, durma um pouco mais, pare tudo para observar a beleza de algo que lhe comove – o que é muito pessoal. Pare de correr e comece a viver cada dia.

5. Faça da sua felicidade uma prioridade. Coloque as suas vontades em primeiro plano e lute pelo que você considera importante e correto.

6. Seja você mesma. Não queira ser ou fazer algo que não lhe agrada apenas para satisfazer a vontade alheia. Use o que gosta, tenha suas próprias opiniões e não tenha vergonha de ser diferente.

7. Se envolva com as pessoas certas. Não gaste tempo com quem tenta lhe colocar para baixo, não acrescenta ou não é positivo. Curta quem curte você e agrega valor ao seu mundo particular.

8. Perdoe para ser perdoado. Não guarde magoas. Vire páginas e apague histórias tristes.

9. Saiba aplaudir a vitória alheia. Curta os bons momentos daqueles que estão perto de você. Não há mal algum em celebrar a felicidade alheia. Além disso, coisas boas atraem coisas boas.

10. Escute a sua voz interior. Lembre-se sempre de escutar aquilo que é importante para você, o tal sexto sentido.

11. Aprenda com cada erro. Falhas são um sinal de que você está tentando e o erro é natural. Erre, respire fundo e tente novamente. Cada passo é um investimento em um dia melhor.

12. Viva suas conquistas. Seja grato por tudo o que você já tem e curta aquilo que você conseguiu até aqui. Aprenda a dar valor a tudo o que você já tem, apreciando desde bens materiais à amigos e aprendizados.

Por que você precisa se conhecer?

August 3, 2013 | Nenhum comentário

Em se tratando de imagem e estilo, saber quais as suas preferências e vontades é determinante

estilo_1

Um dos pontos principais para se sentir bem com sua imagem é se conhecer. Entre tendências, modismos e referências que pipocam na mídia e nas redes sociais, entender suas necessidades e estabelecer o que é, para você, interessante define diretamente qual a linha visual e estética mais adequada ao seu gosto pessoal e estilo de vida.

estilo_2

Quem você é, quem você quer ser, além de ambições e preferências são algumas das bases para escolher qual a melhor roupa e quais os acessórios que dão o tom de sua imagem. Mas, não se trata só disso. As peças do vestuário isoladas precisam ser combinadas para fazer sentido e ganhar as ruas, e esta também é uma questão que está totalmente presa ao que você gosta e acha bonito. O mix de cores, a mistura de formas, o toque final dos complementos dá sentido à cada peça de roupa que, isolada, é só mais uma na multidão.

estilo_3

Assim, os seus hábitos, o tipo de filme que você curte (se é que curte), o ambiente, a estação do ano, além de alternativas para lazer, descanso e muito mais são o caminho para descobrir qual o tipo de roupa irá lhe deixar mais feliz, confiante e satisfeita! Mais do que isso, a noção de “belo”, o que cada um considera bonito, varia de caso para caso e este é o caminho que determina o que é interessante para você.

Por essa e outras razões, mais importante do que acompanhar os looks do dia nos blogs de moda, decorar as tendências, saber de cor nomes de marcas e estilistas é estabelecer o que desperta o seu interesse e salta aos seus olhos. É focando neste sentimento positivo e consciente que se faz possível ter um guarda-roupa do qual saem looks acertados que geram autoestima elevada. Convencidos?!

A melhor dica de moda

April 2, 2013 | Nenhum comentário

Modismos são arriscados e menos importantes do que saber o que, de fato, valoriza seu corpo e alimenta sua autoestima

confident

Entre a última semana de moda e a mais recente tendência, existe uma pessoa, o consumidor, eu e/ou você. O modismo invadiu as ruas, estampa as revistas de fofoca, foi usado pela protagonista da novela, e continua sendo insistentemente disseminado pelas páginas de estilo pessoal. De tanto ver, você acaba cedendo, mas a roupa não convence. Mais forte do que o peso do que é “must have”, é o peso da autoestima, que pede explicações a cada look que não combina com a própria identidade ou estilo de vida. Mais do que isso, a tendência não está preocupada com as linhas de sua silhueta, ela não tem noção do que acontece com suas proporções ou mesmo sabe quais cores valorizam a sua imagem. Ela está ali, pedindo para ser usada – sendo divulgada como obrigatória – mas, não é tão grandiosa assim. Importantes,verdadeiramente importantes, são as escolhas pensadas a partir do que combina com você. É o corte que abraça o seu corpo, a cor que dá vida ao seu rosto, os detalhes que representam o espírito da sua identidade. Mais do que ler revistas de moda, acompanhar desfiles, ficar de olho no que as blogueiras postam e dizem estar “in love” é  apurar o olhar para o que você acha bonito, para o que te deixa confiança e eleva a sua autoestima. Ao invés de anotar dicas prontas de combinações, regrinhas feitas na base da massificação, é valioso ter suas próprias peças chave e ter na moda um elemento de consumo e não a sua salvação. Em português claro, sem a frescurite aguda das expressões em inglês, reproduzidas a exaustão, se conhecer e ter na sua satisfação pura e plena a melhor dica de moda.

Colecione elogios

March 26, 2013 | 1 comentário

Elogios

A partir de agora

December 12, 2012 | Nenhum comentário

Se queres começar algo, comece já, sem postergar

De nada adianta sonhar, sem agir; planejar, sem colocar em prática. Os resultados só aparecem quando há alguma ação, alguma atitude que movimente as bases e mude as peças de lugar. Mais do que comum é deixar o ato, ou a mudança, para um dia futuro: seja para a próxima semana, o próximo mês ou o próximo ano. A destrutiva arte de procrastinar. São muitas as vezes que nos pegamos prometendo algo para a segunda-feira. Ela carrega esse peso de transformação, que, quase sempre, não dura nem algumas horas quando de fato acontece. A verdade é que quem quer mudar, ou conquistar algo, coloca em prática os passos logo na hora, sem adiar o que não precisa ter hora de partida marcada. É preciso se prender na obstinação e, assim, alcançar os objetivos. Essa nova atitude não deve valer para o próximo ano, ela deve, e pode, começar a contar a partir de agora. A dieta, a academia, a economia, podem ser aplicados no hoje e assim as chances de um resultado positivo são maiores. Experimente agora.

Pare de não se importar

October 11, 2012 | Nenhum comentário

Não é preciso acompanhar tendências ou modismos, mas é importante se guiar pelo que valoriza sua imagem

Há quem jure que uma onda de limpeza, simplicidade e elegância vai invadir as ruas. Mas, ao mesmo tempo, o que se vê são peças com desejo glamouroso, pedindo por exagero ou mesmo por um pouco de drama. Há aquela sensualidade que brinca com a vulgaridade e também a moda esportiva, dividindo espaço com referências para lá de confusas. Pode ser que para você não exista uma ideia clara sobre tendências, e a leitura de moda, atrás do hit da vez, seja aleatória, acompanhada de longas esperas no consultório médico, quando você escolha, sem muita animação, uma revista de moda para folhear.

Vestir pode ser fruto de uma escolha natural, inconsciente. Pode ser algo banal, mesmo resultando em boas sensação. Já não se discute mais o valor da imagem, sabe-se, sem erro, que somos diariamente julgados pelo que estamos vestindo. Então, mesmo que a última tendência não signifique nada para você, vale buscar o que te valoriza por um simples motivo: você merece. Não se trata de se render aos papos sobre compras e blogueiras, ou mesmo não se trata de gastar muito com o visual. A questão é perceber que em meio às ondas efêmeras e efervescentes da moda está você, vivendo questões culturais, artísticas, sociais e econômicas que afetam o que chega às lojas, e isso afeta a sua realidade. Porque isso explica o motivo pelo qual encontrar certas peças nas lojas fica difícil de tempos em tempos; ou mesmo justifica o motivo pelo qual todas as lojas tendem a ter as mesmas opções, ainda que com preços ou tecidos diferentes. Calma, não é para se preocupar, ou para pensar que é impossível vestir-se de forma interessante sem assimilar o pensamento moda. No entanto, é no mínimo complicado se sentir bem com sua imagem se você insiste em carregar o discurso do “eu não me importo”. Que você não se importe com a Vogue, com lançamentos em lojas ou com as novidades da maquiagem, tudo bem… mas se importe com você. Isso já é mais do que o suficiente. No fim, você sai ganhando.

próximos »